Lílian Toledo

Empresária

11/09/2018


Por Ali com Lilian Toledo - Mais Valle!

Dizem que a primeira impressão é a que sempre fica. Ou parafraseando um comercial famoso dos anos 80, “O primeiro – seja lá o que for – a gente nunca esquece.” Se fôssemos levar ao pé da letra as citações acima, jamais teríamos voltado a calçar botas de esqui nos pés. Nossa primeira experiência tinha sido desastrosa, incômoda e mal sucedida. Panturrilhas “esmagadas”, pés congelando, desconforto total – e acrescente aí o peso das ditas cujas. Dava a impressão de estarmos arrastando bolas de ferro... Todavia, para nossa sorte, em toda família há um espírito aventureiro. Assim nascia o meu amor por esquiar, fruto da persistência de um deles!
Confesso que a preparação para passar um dia na montanha é um tanto enfadonha – “segunda” pele, fleece - uma malha que funciona como a segunda camada de aquecimento, casaco e calça de neve, meia impermeável, touca, pescoceira, capacete, óculos de neve, luvas de neve, bandana... Ufa, é uma parafernália de itens que só de enumerar, já cansa, rsrsrs. Fora o transporte dos esquis – e não se esqueça de que já estará calçado – seu andar será uma mistura de “homem pisando na lua” com “um pato fora d’água”, elegante assim, rsrsrs. Mas não se preocupe, toda a tribo estará se movendo exatamente como você, com exceção do pessoal que pratica snowboard...
Depois de toda essa maratona pode ser que o seu humor não esteja lá estas coisas – e é aí que a mágica acontece! Ao calçar os esquis, sua visão parece se amplificar. O ar gélido penetra as narinas, e a adrenalina começa a circular pelas veias... Nossos ouvidos só conseguem se conectar a um único som: o deslizar das lâminas na neve, surfando em movimentos perfeitos, de total liberdade! Nunca fui muito adepta à velocidade – mas a sensação de entrega que descer uma montanha produz é, no meu entendimento, a melhor definição deste conceito... E dos destinos que já pude experenciar, o Valle Nevado é, sem dúvida, o mais apaixonante. Com opções de hotel 3, 4 e 5 estrelas o complexo ainda oferece apartamentos para alugar por temporada – e neste caso vale a pena fazer uma comprinha em Santiago e preparar as refeições, pois as cozinhas dos aparthotéis são completamente equipadas. Caso contrário o resort oferece ótimos restaurantes e lounges, muito bem familiarizados com brasileiros, que são o público alvo, principalmente nesta época do ano. E não se preocupe se esqueceu de algum item importante – há um mercadinho bem equipado para atender os turistas mais esquecidinhos, ou para aquelas surpresas fora de hora... Marinheiro de primeira viagem? As aulas podem ser contratadas na Escola de Neve – há ainda no complexo lojas com tudo o que você precisar, com as opções de compra ou locação – mas
vale a pena fazer a conta de quantos dias será utilizado todo o equipamento, para avaliar o custo benefício.


Nos vemos por aqui, aLi ou lá... no Valle Nevado? Quem sabe, não é?

Até mais...

Mande seu e-mail para falecomali@dxdcomunicacao.com.br e nos conte também experiências, dicas e sugestão de suas viagens.

Jornal Guia Viajar +

Ed. 055